11/01/2016

"Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão do fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza" (1 Tm 4.12).

Lord Chesterton uma vez afirmou: "Eu creio no arrependimento à beira da morte, mas não quero depender dele". Durante uma enfermidade séria, a mente não funciona normalmente. Acertar a vida com Deus é algo que deve ser feito no vigor da saúde. Mas, como se interessa pelos Seus filhos, "a mão do Senhor não está encolhida para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir". Ele nos ama de modo igual, na doença ou na saúde, na vida ou na morte. Em minha experiência, não conheci muitas pessoas que tenham encontrado Cristo no leito de morte. Quando aceitamos Cristo na juventude, a vida é salva. Quando o aceitamos na velhice, a alma é salva e a vida eterna é garantida, mas a oportunidade de viver uma vida por Cristo passou.

Oração: Senhor Jesus, motiva o meu coração a buscar os jovens que estão começando a sua aventura na vida e os velhos que chegam ao fim de sua jornada. Ajuda-me a levar-lhes a mensagem do teu amor que salva.

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
Peregrino E Servo.

Destaque

Conta-se de dois peregrinos que decidiram visitar a imortal cidade de Belém, por ocasião das celebrações do Natal. Partiram muitos meses ant...