16/11/2008

O barco estava cheio de gente, e uma crente no último banquinho, de repente, começou uma tempestade enorme, cheia de turbulência, todos ficaram desesperados, eram 12 passageiros e só havia 11 boias com salva-vidas, então, na hora de se salvar, gritaram, deixa o crente sem boia, porque esse aí já está salvo!

Nenhum comentário:

Destaque

Conta-se de dois peregrinos que decidiram visitar a imortal cidade de Belém, por ocasião das celebrações do Natal. Partiram muitos meses ant...