14/12/2008

Soldados na Ilha Evangelizada

Na guerra tudo que é ruim pode acontecer. Tudo é imprevisível e sempre se espera o pior.
Soldados americanos (náufragos), na II Guerra Mundial chegaram a uma ilha do Pacífico. O noticiário era apreensivo e deixava transparecer o grande perigo que os cercava, pois o lugar era tido como habitado por canibais. Felizmente para os soldados, alguns anos antes, missionários tinham chegado àquela ilha pregando o Evangelho. Muitos se converteram e os que não foram alcançados pela graça deixaram aquele bárbaro costume.
Os soldados foram assim salvos pelos crentes que tiveram a coragem de seguir as ordens do Senhor Jesus. Uns plantaram a boa semente, outros colheram o fruto maravilhoso.
"Finalmente apareceu aos onze, e disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda a criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado" (Mc 16.14a,15,16).

Nenhum comentário:

Destaque

Conta-se de dois peregrinos que decidiram visitar a imortal cidade de Belém, por ocasião das celebrações do Natal. Partiram muitos meses ant...