27/01/2010

Cárater

Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e nada disponhais para a carne, no tocante às suas concupiscências. Rom. 13:13 e 14.

Enquanto eu cursava a faculdade, Walter B. Clark era o preceptor dos rapazes. Certa noite, enquanto dirigia o culto, ele disse: "O caráter é aquilo que você é no escuro." Ele poderia ter acrescentado: "E também o que você é de dia, quando acha que ninguém está olhando."
Vários anos atrás, John Gosson se dirigia de moto a uma oficina de carros em Syracuse, Nova Iorque. Ele havia lido o anúncio de uma Honda; queria dar uma olhadinha e, quem sabe, comprá-la. Sem que ele o percebesse, o vento abriu o bolso de sua jaqueta, que continha 7.500 dólares - suas economias dos últimos sete anos.
As notas se espalharam pela rodovia. Os motoristas que passavam, pararam e se serviram daquela "chuva de dinheiro". Um motorista honesto, que conseguiu recolher 3.120 dólares, devolveu-os a Gosson. Outro, contudo, acrescentou um insulto ao dano, não apenas por ficar com o dinheiro que havia recolhido, mas ainda mandando ao infeliz jovem um cartão postal ofensivo, no qual se gabava de ter passado "férias pagas" na Califórnia. O cartão dizia: "Eu me senti no sétimo céu, juntando e guardando aquele 'troquinho' na rodovia, o qual, segundo descobri, pertencia a você."

Nenhum comentário:

Destaque

Conta-se de dois peregrinos que decidiram visitar a imortal cidade de Belém, por ocasião das celebrações do Natal. Partiram muitos meses ant...