03/04/2010

Por que o ovo e o coelho são símbolos da Páscoa?

A maior celebração cristã (junto com o Natal, claro) tem sua origem na festa judaica do Pessach - que significa "passagem" em hebraico, uma referência à saída dos judeus do Egito e sua libertação da escravidão, com a chegada à terra prometida sob a liderança de Moisés. Durante a festa judaica, o ovo - um dos únicos alimentos que não perde a forma depois de cozido - é utilizado como símbolo do povo de Israel. Em determinado momento, o chefe de família se levanta e diz: "O povo de Israel é como esse ovo, que, quanto mais cozido na dor e no sofrimento, mais preserva sua unidade e sua identidade". (Evidentemente, naquela época o ovo ainda não era de chocolate.) A comemoração foi adaptada pelo cristianismo para relembrar a ressurreição de Cristo, que também representa a renovação da vida. "Já o coelho foi uma forma de popularizar a festa", diz Maria Ângela de Almeida, teóloga da PUC-SP.
Desde o antigo Egito, o animal era símbolo da fertilidade devido à sua incrível capacidade de procriação. "O Pessach teve origem em ritos tribais, cujo objetivo era celebrar a paz entre os povos. O cordeiro era repartido entre os chefes das tribos, num jantar comunitário que reforçava suas alianças. Nesse contexto, o coelho veio substituir o cordeiro", afirma Maria Ângela.

4 comentários:

Anônimo disse...

O ovo nada tem a ver com a páscoa judaica. Essa teóloga precisa averiguar melhor as evidências para sua pesquisa. O Coelho, pode ser símbolo da fertilidade, porém, sua orígem vem do paganismo babilônico. Alguém já leu algo nas Escrituras Sagradas algo que fala de coelho no lugar do Cordeiro pascal? Quanta ignorância. Isso é mais uma tentativa ignorante e ateísta de fazer valer "tradição" e "invenções pagãs" como se fossem ensinos cristãos contidos nas Escrituras Sagradas.Quanta besteira! Pesquise um pouco mais sra. teóloga!!!

Anônimo disse...

PÁSCOA — ADORAÇÃO DA FERTILIDADE SOB DISFARCE
Considerada como comemoração da ressurreição de Cristo, a Páscoa (conforme é comemorada hoje na cristandade) na verdade teve origem na religião falsa. Como é que ovos e coelhos passaram a ter ligação com a Páscoa? Os ovos “são importantes símbolos de vida nova e ressurreição”, diz a Encyclopædia Britannica, e há muito o coelho tem sido usado como símbolo da fertilidade. Portanto, a Páscoa é realmente um rito à fertilidade mal disfarçado de comemoração da ressurreição de Cristo.
Será que Deus aprovaria o uso de um depravado rito à fertilidade para comemorar a ressurreição de seu Filho? Jamais! (2 Coríntios 6:17, 18) De fato, as Escrituras nem ordenam nem autorizam a comemoração da ressurreição de Jesus. Fazer isso e misturá-la com símbolos de fertilidade é um ato de deslealdade.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com os dois comentarios. Tamanha a ignorancia da pessoa que escreveu o artigo, gostaria que ele esplicasse de onde tirou tal ideia ridicula sobre o ovo...

Josué disse...

Que tristeza essa ilustração! Um blog tão interessante, permitir uma história ridícula dessas!

Destaque

Conta-se de dois peregrinos que decidiram visitar a imortal cidade de Belém, por ocasião das celebrações do Natal. Partiram muitos meses ant...