29/01/2012


Certos missionários estavam em uma aldeia fora do país, em meio a uma guerra! Eles não sabiam falar a língua deles, apenas faziam gestos com as mãos. De repente uma bomba atinge uma criança. Os missionários ficaram desesperados e chamaram o médico, pois a criança perdia muito sangue. O médico apavorado não conseguia conter o sangue daquela criança. A essa altura a criança já estava desmaiada de tão fraca que estava. O médico disse aos missionários que precisaria de alguém com o sangue compatível ao da criança para que ela sobrevivesse, então os missionários, que não tinham sangue compatível ao da criança, saíram em busca de alguém, para fazerem transfusão de sangue. Em meio a gestos, mímicas para ver se alguém entendia o que eles queriam falar, mostravam o braço em tentativas vãs, e em meio ao desespero dos missionários, todas aquelas pessoas ficaram em silêncio... Quando menos se espera uma criança levanta a mão. Atônitos os missionários o levaram ao médico e o sangue era compatível, então preparam tudo e aquela criança ficou bem quieta observando o sangue saindo dela, enquanto isso a outra criança que recebia o sangue começava a se mexer! A criança olhava seu sangue, quando começou a chorar. O médico preocupado perguntou o que ele tinha, e ele disse que não tinha nada, então o médico continuou. A criança disfarçando para o médico não ver enxugava as lágrimas de seus olhinhos, quando o médico observou que ele continuava chorando! Então ele preocupado com o que estava acontecendo, chamou a enfermeira que era daquela aldeia, e ela perguntou a ele o que ele tinha, e ele respondeu para ela que estava com medo de morrer porque estava sendo tirado o seu sangue. Ao terminar o médico chamou aquela enfermeira e pediu que ela perguntasse a ele, se ele pensava que ia morrer, porque ele estava deixou tirar o sangue dele? A criança ainda chorando respondeu: - "Porque ele era meu amigo.... não queria que ele morresse". Amigo de verdade, dá a sua vida... porque é assim que a palavra de Deus nos fala...

Nenhum comentário:

Destaque

Conta-se de dois peregrinos que decidiram visitar a imortal cidade de Belém, por ocasião das celebrações do Natal. Partiram muitos meses ant...